Primeiras-Damas se reúnem com Governo do Estado para conhecer capacitação de cursos | Bastidor Político

Bastidor Político

A notícia por trás da notícia

Primeiras-Damas se reúnem com Governo do Estado para conhecer capacitação de cursos Primeiras-Damas se reúnem com Governo do Estado para conhecer capacitação de cursos
  As primeiras-damas da região se reuniram nesta quarta-feira (8) com a representante do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP),... Primeiras-Damas se reúnem com Governo do Estado para conhecer capacitação de cursos

 

As primeiras-damas da região se reuniram nesta quarta-feira (8) com a representante do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP), Isabel Garcia Perez, na Prefeitura de Santo André. Diversos projetos foram apresentados pelo Governo do Estado para oferecer suporte às cidades do Grande ABC, com objetivo de melhorar e implementar cursos que buscam a capacitação de profissionais.

Foram esclarecidos tópicos sobre projetos estaduais como a “Padaria Artesanal”, “Escola de Moda”, “Escola de Beleza” e “Escola de Construção Civil”. Presente no encontro, Ana Carolina Barreto Serra, primeira-dama de Santo André, destacou a importância da reunião para as representantes de cada cidade. “O encontro mostrou como podemos aderir aos projetos, mas antes disso precisamos de capacitação. Não adianta oferecermos cursos sem ter a base. Agora nossa tarefa é definir quais os projetos que daremos prioridade e escolher as pessoas que devem ser capacitadas. Essas pessoas precisam ter conhecimento técnico da área, mas também precisam saber como passar o conhecimento”, disse a primeira-dama.

De acordo com Isabel, representante do Estado, os projetos são importantes para buscar a capacitação de munícipes mais carentes de recursos. “A Lu Alckmin, presidente da FUSSESP, implementou essas escolas justamente para ajudar os menos favorecidos. Queremos a capacitação para que possam gerar renda e serem mais felizes, quem sabe terem o próprio negócio”, afirma Isabel Garcia Perez.

“Em uma data simbólica como o Dia da Mulher, tivemos o presente de receber a representante do Fundo Social de Solidariedade para nos auxiliar na retomada desses trabalhos. Santo André estava com o Fundo Social desativado, então precisamos, através de muito esforço, começar do zero”, afirmou a primeira-dama de Santo André.